sexta-feira, julho 16, 2010

Ecosystem-based fisheries management requires a change to the selective fishing philosophy

A new ecosystem-based fisheries management (EBFM) paradigm has emerged. As part of this approach, selective fishing is widely encouraged in the belief that nonselective fishing has many adverse impacts. In particular, incidental bycatch is seen as wasteful and a negative feature of fishing, and methods to reduce bycatch are implemented in many fisheries. However, recent advances in fishery science and ecology suggest that a selective approach may also result in undesirable impacts both to fisheries and marine ecosystems.

We argue here that a “balanced exploitation” approach might alleviate many of the ecological effects of fishing by avoiding intensive removal of particular components of the ecosystem, while still supporting sustainable fisheries. This concept may require reducing exploitation rates on certain target species or groups to protect vulnerable components of the ecosystem.

S. Zhou, A. D. M. Smith, A. E. Punt, A. J. Richardson, M. Gibbs, E. A. Fulton, S. Pascoe, C. Bulman, P. Bayliss, K. Sainsbury. Ecosystem-based fisheries management requires a change to the selective fishing philosophy. Proceedings of the National Academy of Sciences, 2010; DOI: 10.1073/pnas.0912771107

2 comentários:

Thiago P. Nunes disse...

É por esta e por outras situações em que quase não há mais solução, um lado e outro lado da pesca, até mesmo a pesca selectiva já sendo vista como prejudicial aos stocks marinhos, que espero algum líder mundial deixar de lado o espaço e dedicar à ampla aquacultura terrestre. Pelo menos por um tempo de 50 a 100 anos, deixar as especies selvagens intocáveis e estimular a produção controlada em espaço específico. Em falar nisso, uns meses atrás vi parte de um documentário sobre a elaboração de um grande globo (estrutura circular semi-flutuante) inserido no mar e composto com cardumes de peixes. Como uma fazenda móvel e ao mesmo tempo fechada. Vou pesquisar algum link e tentar enviar-te.
Afinal, eu também sou Biólogo Marinho.
Viva!
Thiago Nunes.

Thiago P. Nunes disse...

Caro Zé, encontrei a tal lembrança de uma certa estrutura se bem parece muito moderna, pelo menos em concretização. Pelo visto já elaboraram umas dessas pela mundo. É um globo, circular, logicamente, e este fica quase completamente submerso, diria 90% a 95%. Dentro, desta fazenda semi fechada, circulam e crescem cardumes de peixes.
Ver vídeo no link que lhe envio: http://www.youtube.com/watch?v=DCz1KNBI60I . Posteriormente por email, envio-te uma figura ilustrativa.
PAZ E AMOR!
Grande abraço,

Thiago Nunes